Heroes of Olympus
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Promoção × Intercâmbio Resgate seu progresso de outro fórum.
Desde o resgate de Eirene o mundo nunca mais foi o mesmo, a paz nunca mais reinou soberana como aconteceu por longas eras. Muitos foram aqueles que deram seu sangue e vida para que ela retornasse, mas diante da ingratidão humana, ela escolheu permanecer no esquecimento do Senhor do Olimpo. A tríade nefasta havia sido derrotada era fato, até mesmo por seus próprios filhos, contudo, no fim, o maior objetivo deles havia sido conquistado. Caos podia influenciar uma vez o mundo mortal e também a mente dos olimpianos e romanos. Eirene passou a habitar somente os corações daqueles que realmente acreditavam nela, algo tão raro que nunca mais se ouviu falar da jovem Deusa. Zeus a sua maneira tentou reestabelecer a ordem no Olimpo, mas algo dizia que ainda havia algo bem pior estava por vir. E ele estava completamente certo quanto a isso.Três anos se passaram enquanto as cicatrizes das últimas batalhas enfrentadas pelos semideuses, ainda se fechavam. Amigos, conhecidos, parceiros, parentes... Muitos morreram na guerra que ficou conhecida como a Batalha da Escuridão. Não era fácil recomeçar, mas era necessário e assim todos fizeram. Aos poucos, novos semideuses chegavam, o Acampamento Meio Sangue voltava ao normal e a rotina que já havia sido esquecida, ganhava lugar na vida dos semideuses. Não se ouviu mais falar de grandes ameaças, monstros ou qualquer coisa que de fato perturbasse a harmonia. Tudo parecia ter voltado os trilhos e era assim que a vida seguia. Os que sobreviveram a aqueles dias tão negros, jamais esqueceriam tudo o que aconteceu e carregariam para sempre em sua pele e alma as lembranças daqueles dias tão tenebrosos.Quando o inverno chegou o frio parecia mais intenso, que mesmo contra a vontade do senhor D ele insistia em invadir o acampamento vez ou outra. O Deus e Quíron deliberam por dias, algo que parecia ser uma simples suposição se concretizava de uma maneira incontestável. Uma força tão nefasta que nem mesmo os oráculos eram capazes de descobrir de onde vinha. Foram quando três mensageiros de terras muito distantes chegaram ao acampamento. Eram semideuses e isso era inegável, mas de nenhuma divindade habitual. [...]
Primavera2021
Últimos assuntos
» Evento - Reclamação Rápida
[bmo] - Mandy Burned EmptyQua Nov 17 2021, 21:13 por Milo

» Heroesween — Atualização de Recompensas
[bmo] - Mandy Burned EmptyQua Nov 10 2021, 21:25 por Darya Zwa'hardt

» Heroesween — Sorteio, Trick or Treat?
[bmo] - Mandy Burned EmptyQua Nov 10 2021, 20:52 por Zeus

» Área Flood 1.0
[bmo] - Mandy Burned EmptyTer Nov 09 2021, 11:39 por Ahrien Navkwö

» Área de Teste 1.0
[bmo] - Mandy Burned EmptyTer Nov 09 2021, 11:38 por Sage Kwak

» Registro de Photoplayer
[bmo] - Mandy Burned EmptyTer Nov 09 2021, 10:43 por Sage Kwak

» Promoção — Intercâmbio de Semideuses
[bmo] - Mandy Burned EmptySeg Nov 08 2021, 12:55 por Zoya Ekatherina Belikova

» Heroesween — A Loja da Bruxa
[bmo] - Mandy Burned EmptySeg Out 18 2021, 01:45 por Melinoe

» Registro de Sobrenomes
[bmo] - Mandy Burned EmptySeg Out 18 2021, 01:39 por Melinoe


[bmo] - Mandy Burned


[bmo] - Mandy Burned

Publicado por Mandy Burned Ter Jan 13 2015, 00:51

Aqui Ficarao minhas BMO`s... Fiquem a vontade...
                          
 
Mandy Burned
                           
Filhos de Atena
                         
                           
                             Mandy Burned                         
Mensagens : 4
Data de inscrição : 12/09/2014
Idade : 25

Ficha do Semideus
Status:
Vida:
[bmo] - Mandy Burned Left_bar_bleue100/100[bmo] - Mandy Burned Empty_bar_bleue  (100/100)
MP:
[bmo] - Mandy Burned Left_bar_bleue100/100[bmo] - Mandy Burned Empty_bar_bleue  (100/100)
Nível: 1
Re: [bmo] - Mandy Burned

Publicado por Mandy Burned Ter Jan 13 2015, 22:24


The problem is just beginning ...

Estava cansada de procurar algum lugar para ficar em paz, pelo jeito a praia era o único local disponível já que todos estavam entretidos em dormir ate mais tarde ou em treinar e treinar... Eu preferia passar o meu inicio de dia lendo, e se próximo ao mar era o único lugar disponível por que não?

Olhei ao redor, logo visualizando uma pedra na divisa entre a floresta e a areia da praia e fui em direção à mesma, me sentando de modo a escorar minhas costas na pedra. Tirei meu livro sobre parasitologia da mochila que carregava sempre comigo e comecei a folhear ate chegar onde havia parado na noite anterior antes de dormir, quando de repente ouvi um barulho de galhos se movendo na floresta atrás de mim.

Virei meu corpo de repente olhando profundamente para a floresta talvez fosse algum animal acordando, ignorei virando meu corpo novamente para o livro. Quando o som voltou a se repetir, dei um suspiro dizendo em seguida:

-Ninguém pode ter um minuto de sossego nesse lugar?!- Perguntei me levantando  e colocando as mãos na cintura tentando não ser tão drástica com alguma dríade ou alguma criatura inocente da floresta.

O silencio se segue fico tentada a me aproximar, mas a movimentação aumenta novamente. Ouço um grunhido indefinido quando de repente uma criatura parecida com um guaxinim aparece sobre a pedra em que estava recostada. A criatura tinha alguma coisa, pois não parava de se contorcer e rolar ate cair de cima da rocha se debatendo como se algo o estivesse atacando por dentro?! De repente o bicho fica estático respirando entre arfadas como se a luta estivesse cessado.  

Agarro minha mochila protetoramente em frente ao meu corpo a mente indecisa entre se afastar ou ajudar. Olho em volta para ver se há alguém próximo, mas não há nada nem ninguém ao meu redor. O bicho começa a se levantar ainda apoiado nas quatro patas e o rosto abaixado.  Como em um susto a criatura me olha, do modo mais humano que qualquer animal jamais poderia olhar.

Dou um passo para trás evitando mostrar as costas, aquele Ser não era normal e eu não iria baixar á guarda. Alcancei discretamente a adaga de prata dentro da mochila a qual estava agarrada como se minha vida dependesse daquilo. Eu não duvidava mas de nada depois que havia conhecido toda aquela loucura de semideuses e criaturas mágicas, etc. O animal poderia aprontar qualquer coisa.

Antes que eu pudesse se quer começar a retirar a adaga da mochila o guaxinim fica sobre duas patas me lançando o que deveria ser um sorriso irônico em um rosto animal e dizendo em seguida:

-Não se precipite semideusa não vim para lutar!Não teria vantagem nenhuma nesse corpo inútil, estou aqui como um mensageiro filha de Athena. Ouça bem, você perdera alguém muito próximo, isso ira descarrilar ódio, intrigas e será também o que a fará a tornar ainda mais forte. – Meus olhos se arregalaram após a mensagem da criatura, o coração acelerando. Retirei a adaga da mochila apontando diretamente para a criatura e dizendo com a voz exaltada:

-Diga... DIGA LOGO!... Pare de enrolação, o que você realmente quer?! O que é você criatura?- E com um riso cruel responde.

-Primeiro semideusa, como disse só trago um recado, e sobre mim... Melhor deixarmos esse assunto inacabado... Mas ouça-me. Você perdera uma pessoa importante e ficara mais forte a partir dessa perda, você tem potencial filha de Athena. Fique de olho... Não esqueça que esta sendo vigiada. - Depois disso o brilho quase humano dos olhos do animal some e o mesmo cai desacordado na areia.

Olho para baixo mirando em minhas mãos onde a adaga esta firmemente apertada, onde os nódulos dos meus dedos estão brancos. Solto a adaga no chão como em choque a deixando cair na areia e caio de joelhos apoiada sob as mãos ainda em choque a mochila esquecida, a respiração acelerada.

Tomo respirações profundas limpando minhas mãos nos shorts Jeans que havia vestido após acordar, passo as mãos nos cabelos jogando o mesmo para trás e olho para o céu como se esperando forças. Fecho os olhos buscando que fosse apenas um pesadelo, olho em direção onde o guaxinim estava e só vejo o vulto de algo entrando pela floresta.


... It's not really like a dream .

Esse é meu post de número {01}. O tempo está {nublado}, e estou usando {Shorts jeans desfiados, camisa do acampamento e all stars pretos com os cabelos soltos.E agradeço a Lari ❥ por esse template.



Sugestão:

Eu gostaria de um único premio que seria:
-Bent /{mascote transmorfo}, [com a forma original de um camaleão capaz de se comunicar com seu guardião pela mente e poder de usar o ataque do trasmorfo em batalha. (Intervalo de duas rodadas incapacitado após cada ataque). Se possível gostaria de levá-lo comigo para a trama fora das BMO`s] (Nivel  Minimo: 1)[Não controla nenhum elemento] [Recebimento: BMO – The problem is just beginning ... e atualizado por *nome do deus avaliador aqui*]

Agradeço desde já.

-

Armas::

♦ {Faca} - Faca forjada de prata pura. Sua lâmina, mede cerca de 26 cm, desenhando letras, quase inelegíveis ''CHB''. É afiada, e certamente, boa para ataques rápidos e ágeis. Tantos experientes, como inexperientes, sabem como manusiar tal arma. (Nível Mínimo 1) [Não controla nenhum elemento] (Presente da Administrção)
                          
 
Mandy Burned
                           
Filhos de Atena
                         
                           
                             Mandy Burned                         
Mensagens : 4
Data de inscrição : 12/09/2014
Idade : 25

Ficha do Semideus
Status:
Vida:
[bmo] - Mandy Burned Left_bar_bleue100/100[bmo] - Mandy Burned Empty_bar_bleue  (100/100)
MP:
[bmo] - Mandy Burned Left_bar_bleue100/100[bmo] - Mandy Burned Empty_bar_bleue  (100/100)
Nível: 1


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos