Heroes of Olympus
Gostaria de reagir a esta mensagem? Crie uma conta em poucos cliques ou inicie sessão para continuar.
Promoção × Intercâmbio Resgate seu progresso de outro fórum.
Desde o resgate de Eirene o mundo nunca mais foi o mesmo, a paz nunca mais reinou soberana como aconteceu por longas eras. Muitos foram aqueles que deram seu sangue e vida para que ela retornasse, mas diante da ingratidão humana, ela escolheu permanecer no esquecimento do Senhor do Olimpo. A tríade nefasta havia sido derrotada era fato, até mesmo por seus próprios filhos, contudo, no fim, o maior objetivo deles havia sido conquistado. Caos podia influenciar uma vez o mundo mortal e também a mente dos olimpianos e romanos. Eirene passou a habitar somente os corações daqueles que realmente acreditavam nela, algo tão raro que nunca mais se ouviu falar da jovem Deusa. Zeus a sua maneira tentou reestabelecer a ordem no Olimpo, mas algo dizia que ainda havia algo bem pior estava por vir. E ele estava completamente certo quanto a isso.Três anos se passaram enquanto as cicatrizes das últimas batalhas enfrentadas pelos semideuses, ainda se fechavam. Amigos, conhecidos, parceiros, parentes... Muitos morreram na guerra que ficou conhecida como a Batalha da Escuridão. Não era fácil recomeçar, mas era necessário e assim todos fizeram. Aos poucos, novos semideuses chegavam, o Acampamento Meio Sangue voltava ao normal e a rotina que já havia sido esquecida, ganhava lugar na vida dos semideuses. Não se ouviu mais falar de grandes ameaças, monstros ou qualquer coisa que de fato perturbasse a harmonia. Tudo parecia ter voltado os trilhos e era assim que a vida seguia. Os que sobreviveram a aqueles dias tão negros, jamais esqueceriam tudo o que aconteceu e carregariam para sempre em sua pele e alma as lembranças daqueles dias tão tenebrosos.Quando o inverno chegou o frio parecia mais intenso, que mesmo contra a vontade do senhor D ele insistia em invadir o acampamento vez ou outra. O Deus e Quíron deliberam por dias, algo que parecia ser uma simples suposição se concretizava de uma maneira incontestável. Uma força tão nefasta que nem mesmo os oráculos eram capazes de descobrir de onde vinha. Foram quando três mensageiros de terras muito distantes chegaram ao acampamento. Eram semideuses e isso era inegável, mas de nenhuma divindade habitual. [...]
Primavera2021
Últimos assuntos
» Evento - Reclamação Rápida
temple: mnem para devon cruz EmptyQua Nov 17 2021, 21:13 por Milo

» Heroesween — Atualização de Recompensas
temple: mnem para devon cruz EmptyQua Nov 10 2021, 21:25 por Darya Zwa'hardt

» Heroesween — Sorteio, Trick or Treat?
temple: mnem para devon cruz EmptyQua Nov 10 2021, 20:52 por Zeus

» Área Flood 1.0
temple: mnem para devon cruz EmptyTer Nov 09 2021, 11:39 por Ahrien Navkwö

» Área de Teste 1.0
temple: mnem para devon cruz EmptyTer Nov 09 2021, 11:38 por Sage Kwak

» Registro de Photoplayer
temple: mnem para devon cruz EmptyTer Nov 09 2021, 10:43 por Sage Kwak

» Promoção — Intercâmbio de Semideuses
temple: mnem para devon cruz EmptySeg Nov 08 2021, 12:55 por Zoya Ekatherina Belikova

» Heroesween — A Loja da Bruxa
temple: mnem para devon cruz EmptySeg Out 18 2021, 01:45 por Melinoe

» Registro de Sobrenomes
temple: mnem para devon cruz EmptySeg Out 18 2021, 01:39 por Melinoe


temple: mnem para devon cruz


temple: mnem para devon cruz

Publicado por Astrid Maillard Sex Out 01 2021, 23:59

temple
Sujar as próprias mãos não era uma das tarefas favoritas dos deuses, principalmente quando possuíam subordinados para fazê-lo em seu lugar.

Naquela tarde, Devon recebera uma visita inesperada, e junto com ela uma tarefa que parecia não muito cristalina. Hermes, o deus dos ladrões e mensageiro divino, havia lhe designado uma missão especial de suma importância.

"Siga os caminhos da terra com prudência, atente-se para aquilo que apenas o divino enxerga"

diretrizesx Bem-vinda a sua primeira missão Devon!

x Inicie o turno introduzindo brevemente sua trama. Conte sobre o seu dia e rotina, além de um pouco sobre sua personalidade.

x Em algum momento da sua tarde você recebe uma visita inesperada de Hermes. Ele lhe informa sobre a existência de um artefato que deve ser urgentemente recuperado, e quer que você seja a responsável por trazê-lo de volta. O motivo? Fique a vontade para encaixar em sua trama como desejar.

x O tesouro está localizado no Wyoming, mais precisamente na Floresta Nacional de Shoshone, e seu desafio é encontrar um meio de se locomover até o local indicado. A forma como fará está em suas mãos, apenas atente-se a coerência narrativa durante o turno.

x Finalize o turno ao decidir o seu meio de locomoção até o local.
condições on-game
devon cruz, nível 40, filha de Deméter
Vida: 490/490
Energia: 490/490

informações adicionaisx Diretrizes: missão narrada externa mediana;

x Local inicial: Compton, Califórnia.

x Horário: 3 pm;

x Clima: temperatura quente, céu aberto e ensolarado;

x Poderes, equipamentos e mascotes deverão ser colocados em spoiler ao final do post, para fins de organização. Observações como "poderes até tal nível serão desconsideradas";

x Em caso de dúvida, favor entrar em contato;

x Prazo de postagem: 23:59 do dia 20/10/2021, no horário de Brasília.

MONTY
                          
 
Astrid Maillard
                           
Filhos de Selene
                         
                           
                             Astrid Maillard                         
☾
Mensagens : 50
Data de inscrição : 21/09/2021
Idade : 16
Localização : camp half-blood

Ficha do Semideus
Status:
Vida:
temple: mnem para devon cruz Left_bar_bleue306/350temple: mnem para devon cruz Empty_bar_bleue  (306/350)
MP:
temple: mnem para devon cruz Left_bar_bleue306/350temple: mnem para devon cruz Empty_bar_bleue  (306/350)
Nível: 26
Re: temple: mnem para devon cruz

Publicado por Devon Cruz Dom Out 17 2021, 19:42



venus flytrap;


🍃🌻🌿

Banhava-se nos raios de sol peneirados pela tarde que se punha sob os arredores de Compton. Com os joelhos sob o solo abatido e as mãos envoltas na terra, Devon tratava de plantar uma semente de girassol que encontrara pelo caminho do campo.

As orbes esmeraldas fixavam-se na movimentação que a leve brisa proporcionava ao tocar a superfície da grama não-aparada. Para Cruz, cortar a grama era como mutilar um amigo.

Enterrou a unidade de semente no chão, apertando-a com certo carinho contra a terra. Por entre os dedos da semideusa, os brotos da flor ousavam em crescer. Em questão de segundos, um girassol destacava-se por entre a vegetação isenta de cor além do esverdeado.

— Bem-vindo ao mundo. — Dirigiu-se à planta como se referisse a um recém-nascido. — Está sozinho por enquanto, ouviu? Mas não se preocupe, logo mais encontro outras sementes. Pretendo preencher a paisagem com mais girassóis como você, a iluminação desse terreno é ótima!

Tratou de levantar-se, limpando os restos de terra das mãos na calça jeans que trajava. De repente, os ventos denunciaram uma presença além dos vegetais que cercavam a morena; alguém se aproximava.

Cruz não pôde deixar de arquear a sobrancelha com a visão que se estendia à frente: um homem de botas marrons e um chapéu de caubói aproximava-se de maneira sorrateira.

Soltou um riso baixo. Nenhum mortal apareceria em seu campo isolado dessa maneira. Antes de proferir sequer uma palavra, Devon já sabia do que se tratava.

— Só mesmo um deus para aparecer assim sem se convidar. — Indagou, apoiando as mãos na cintura. — Vocês não tem modos mesmo, né? Mas não espero nada vindo de você, Hermes.

Um sorriso se traçou no rosto do deus da ladinagem.

— Devon, você sabe que eu jamais incomodaria uma cria de Deméter à toa. Aliás, creio que a mensagem que lhe trago é de seu interesse.

— Hm. — A cubana abandonou a postura defensiva por um breve momento. — Então diga, estou atarefada.


— Um artefato de suma importância e de interesse de sua mãe. Pra ser um pouquinho mais específico, fui enviado até aqui para lhe dar as coordenadas para onde deve seguir. — Hermes tirou um lápis de dentro de seu chapéu de caubói juntamente com um bloco de seu bolso, anotando um endereço. — Wyoming, Floresta Nacional de Shoshone. Arranje um jeito de chegar até lá, não me importa como. Meu serviço é só te passar essa informação.

Arrancou a folha do bloco, entregando-a até Devon, que, até então, mantinha-se muda.

Agora, faltava saber como sairia do meio do nada até Wyoming.

Pegaria o primeiro trem saindo de Compton pela manhã seguinte.

+infos+:

+poderes ativos e passivos+:

+passivos+
[nível 5] Aura da natureza: os filhos e filhas de Deméter tem uma aura naturalmente apaziguadora, como a natureza quando está em equilíbrio; suas feições são mais leves, tornando as interações mais fáceis, embora a mesma feição suave possa se tornar uma mais dura e severa, refletindo o trabalho árduo na agricultura (ou quando a natureza está em desequilíbrio). Essa aura também permite uma cura nos pontos de HP/MP, embora essas sejam esporádicas e sirvam mais para pequenas curas.

[nível 6] Caminhos abertos: quando o caminho do filho de Deméter estiver sendo bloqueado ou atrapalhado por alguma planta, árvore, raiz, as mesmas se movimentarão para os lados e deixarão um caminho aberto para que o semideus siga em sua viagem. Quando o semideus tiver passado, as plantas retornarão a sua posição anterior, fechando-o.

[nível 7] Comunicação natural: essa habilidade consiste em fazer com que o filho de Deméter possa se comunicar com espíritos arbóreos mentalmente, podendo pedir informações sobre algo que passou por ali, ou qualquer outro tipo, responderão com vontade e felicidade, pois saberá que estará ajudando o filho da deusa da natureza e agricultura.

[nível 7] Corrida livre: algumas pessoas tem dificuldade de correr no meio de lugares com grama alta, com pedras pontiagudas, mas você não, você consegue se mover rapidamente por esses lugares sem nenhuma dificuldade.

[nível 8] Aura da fertilidade: como sua mãe ensinou a agricultura aos homens, você é mestre com os grãos. Ao passar por plantas que ainda estão fracas, ou que acabaram de brotar da terra, as mesmas se tornarão mais resistentes e firmes. Essa habilidade também pode ser utilizada para que o filho de Deméter faça com que alguma raiz fique mais resistente para utilizá-la de algum modo. Ou se não, encantando os Campos de morango para que fiquem mais sadios e firmes.



+ativos+
[nível 1] Fitocinese I : fitocinese se resume na habilidade de controlar e manipular a vegetação; plantas, raízes, árvores. Inicialmente apenas pode-se criar plantas, não tão fortes. Também é possível criar flores para enfeitar algum lugar e, utilizar a constrição, fazendo raízes saírem do solo e agarrarem algo, podendo ser o pé de seu inimigo e imobilizá-lo durante apenas uma rodada, e dependendo do golpe de seu inimigo nas gramíneas, poderá destruí-las facilmente.
Gasto: 4 mp
Duração: 1 turno
Limite: 2 vezes por combate

[nível 2] Controle climático I: seu personagem tem o controle do clima. Inicialmente, apenas pode-se fazer brisas, deixar o ar mais úmido e produzir chuviscos.
Gasto: 8 mp
Duração: 2 turnos
Limite: 1 vez por missão/evento

[nível 6] Fitocinese II: já mais especializado no assunto, o filho de Deméter poderá aumentar o tamanho de suas plantas, das raízes e o a produção das flores que cria, chegando ao ponto de criar pequenas árvores, que não ultrapassam dois metros de altura. As árvores também poderão produzir frutos, mas só se o semideus quiser. As raízes da constrição se tornam maiores e mais fortes, prendendo com mais força o inimigo.
Gasto: 24 mp
Duração: 1 turno
Limite: 1 vez por combate





                          
 
Devon Cruz
                           
Filhos de Deméter
                         
                           
                             Devon Cruz                         
temple: mnem para devon cruz 9a4878310496bd945ee125c0500f3087
Mensagens : 8
Data de inscrição : 23/09/2021

Ficha do Semideus
Status:
Vida:
temple: mnem para devon cruz Left_bar_bleue490/490temple: mnem para devon cruz Empty_bar_bleue  (490/490)
MP:
temple: mnem para devon cruz Left_bar_bleue490/490temple: mnem para devon cruz Empty_bar_bleue  (490/490)
Nível: 40


 
Permissões neste fórum
Você não pode responder aos tópicos